IMG_1390.JPG

Núcleo Alter-Nativas de Produção

O Núcleo Alter-Nativas de Produção (Núcleo de ensino, pesquisa e extensão em Economia Solidária da Escola de Engenharia da UFMG criado em 1997) busca desenvolver alternativas tecnológicas que, reconhecendo a determinação social das técnicas, possam contribuir para o desenvolvimento humano-social.

Como sugerido em sua denominação, considera que sempre existem escolhas tecnológicas alternativas alinhadas com formas específicas de economia e de vida social em geral. Essa perspectiva reconhece que a vida em sociedade é tecida por relações de solidariedade fundadas no reconhecimento de alteridades, que, portanto, a questão central é como constituir formas de convivência entre diferenças, que não se resolvem na igualdade. Isso tem por consequência também reconhecer o enraizamento das diferentes experiências de vida em situações locais – a vida nativa –, às quais as escolhas tecnológicas devem se adequar.

Se a ciência caminha em direção ao geral e ao universal, a tecnologia apropriada se aproxima do particular e das singularidades locais, sejam elas culturais, históricas, sociais ou geográficas. O nativo não se contrapõe ao conhecimento universal, mas é essencial para transformar formas abstratas em realidades efetivas: a prática e a experiência local enriquecem o conhecimento geral.